Hitecnet informa: Prorrogação do prazo sobre Cobrança Registrada

Hitecnet informa: Prorrogação do prazo sobre Cobrança Registrada

A Federação Brasileira dos Bancos – Febraban prorrogou o início da entrada em vigor dos boletos sem registro, medida que estava prevista para passar a valer no dia 01 de janeiro de 2017 com a Nova Plataforma de Cobrança, boletos com valor inferior a 200 reais, que são a grande maioria, podem ser emitidos sem registro até o dia 14 de dezembro do próximo ano, sem precisar contar com o CPF.

Os bancos deliberaram pela entrada em vigor do boleto registrado a partir de um cronograma escalonado, como segue:

Faixa de valor                                                         Data de início de validação
Igual ou superior a R$ 50.000,00                                     13.03.2017
Entre R$ 49.999,99 e R$ 2.000,00                                   08.05.2017
Entre R$ 1.999,99 e R$ 1.000,00                                     10.07.2017
Entre R$ 999,99 e R$ 500,00                                           18.09.2017
Entre R$ 499,99 e R$ 200,00                                           23.10.2017
Igual ou inferior a R$ 199,99                                            11.12.2017

O principal benefício da implantação da 2ª fase é o fato de o pagador de um boleto vencido não precisar mais ir até o banco emissor quitar seu débito. Com a Nova Plataforma, será possível pagar um boleto vencido em qualquer agência bancária.

Informamos ainda que, conforme previsto nas Circulares n.ºs 3.461/2009, 3598/12 e 3.656/13, do Banco Central do Brasil, e observadas as datas acima, a rede bancária não mais acatará boletos de pagamento sem o CPF/CNPJ do pagador.

Clientes que operam na modalidade sem registro serão contatados pelo seu banco de relacionamento para registrarem seus boletos de pagamento visando o preparo para a Nova Plataforma de Boletos de Pagamento.

Lembrando que a Cobrança Registrada possui como vantagens:
– Gestão da carteira (sabe quem pagou, o que pagou e quando pagou);
– Conciliação e relatórios de gestão;
– Uso dos boletos como lastro em operações de crédito*;
– Maior comodidade, pois permite o pagamento vencido em qualquer banco pelo DDA ou pela atualização do boleto no site do banco emissor.

Fonte: Febraban

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.